Eu Amo Sua Filha, Meu Senhor

1971

 
Eu não sei porque seus pais não compreendem
Que nós dois nos adoramos de verdade
Não concordam com a nossa união
Simplesmente por orgulho ou vaidade

Sou humilde, sem fortuna, reconheço
Mas honrado, otimista e bom amigo
Seu desprezo, pouco caso eu não mereço
Vou mostrar o meu valor
O que eu consigo

O amor não tem pátria, nem preconceito
É divino, puro e simples, meu senhor
Nesta vida todos nós temos direito
De escolher alguém pra ser seu amor

Sua filha me quer bem
Estou contente
Para mim é jóia de grande valor
Se o senhor vai dá-la a alguém futuramente
Seja prudente, dê pra quem lhe tem amor

O amor não tem pátria, nem preconceito
É divino, puro e simples, meu senhor
Nesta vida todos nós temos direito
De escolher alguém pra ser seu amor

Sua filha me quer bem
Estou contente
Para mim é jóia de grande valor
Se o senhor vai dá-la a alguém futuramente
Seja prudente, dê pra quem lhe tem um grande amor