Recordando Evaldo Braga

04/12/1997

(Publicada no jornal Diário da Tarde)
Foto: Cristiano Abud/divulgação
ITS ONLY Evado Braga interpreta os grandes sucessos do ídolo, morto há 25 anos
No 50.° aniversário de nascimento do cantor Evaldo Braga, morto num trágico acidente há 25 anos, o ídolo será homenageado com o lançamento da banda It's Only Evaldo Braga. O acontecimento será marcado por uma superfesta, hoje, a partir das 22 horas, no Tulipão Casa de Chopp (av. Brasil, 326, Santa Efigênia). A abertura do show será feita pela banda The Jingles.
O It's Only Evaldo Braga é formado pelos músicos Fred Jamaica (contrabaixo e vocal), Valter Júnior (teclados), Adilson Xiló (bateria), Leandro Silva (guitarra), Marcelo Rocha (saxofone), Mike Ryan (trompete), Marcelo Mastur (locução e performance) e Torino Braga (vocal).
A banda executa os maiores sucessos de Evaldo Braga, como Sorria, Sorria; Eu Não Sou Lixo, Meu Delicado Drama e Esconda o Pranto Num Sorriso. Os músicos prometem fidelidade aos arranjos originais criados pelo maestro Waltel Branco. Evaldo Braga nasceu em 28 de setembro de 1947 e faleceu no auge do sucesso, em 31 de janeiro de 73. A TL que Evaldo conduzia em alta velocidade pela BR-040, após sair de Belo Horizonte com destino ao Rio de Janeiro, se chocou frontalmente com um caminhão, próximo a Três Rios(RJ), morrendo, além do cantor, seu motorista e seu empresário. Na época, a canção Sorria, Sorria era o primeiro lugar nas paradas de sucesso.
Em 1972, Evaldo Braga foi o artista brasileiro que mais vendeu discos pela Polygram, cerca de 500 mil cópias. Evaldo nem conheceu os pais, sendo criado na Funabem-RJ, centro de educação de menores carentes. Ao atingir a maioridade, passou a engraxar sapatos na Rádio Mayrink Veiga, no Rio de Janeiro, à espera de uma oportunidade para que seu talento fosse reconhecido.0 seu primeiro sucesso foi com a canção Eu Só Quero, quando foi artista,-revelação no programa de Chacrinha, além de ter participado com enorme sucesso do quadro Cantor Mascarado no mesmo programa.
A festa de homenagem faz parte do Projeto Experimental (disciplina do curso de Comunicação Social da UFMG) dos alunos de radialismo Armando B. Mendes Filho, Frederico Morais de Oliveira, Cristiano Abud
Rodolfo Buaiz Orasmas.
Os estudantes estão realizando um vídeodocumentário sobre a vida e a carreira do "Ídolo Negro". Além disso, será criada uma home-page em seis idiomas na Internet sobre o cantor. A entrada para a festa custa R$5.